EnglishPortugueseSpanish
EnglishPortugueseSpanish

Como conseguir emprego para quem nunca trabalhou

Dicas para conseguir emprego para quem nunca trabalhou

Ao receber dicas para conseguir emprego para quem nunca trabalhou, o indivíduo pode conseguir ingressar no mercado de trabalho de forma mais efetiva. Todos sabemos que o mercado de trabalho está cada vez mais competitivo, tanto para profissionais com experiência profissional, quanto para pessoas sem experiência.

Conseguir um emprego para quem nunca trabalhou é uma missão ainda mais difícil, pois com tanta concorrência e poucas vagas, quem ainda não tem seus objetivos definidos ou começou a desenvolver a sua trilha de carreira através de experiências não profissionais, pode ficar em desvantagem para ingressar no mercado corporativo.

Se você está em busca do seu primeiro contrato profissional registrado, neste conteúdo preparamos dicas valiosas que podem facilitar esse processo e ajudá-lo a conquistar a tão sonhada primeira oportunidade.

Então, não perca tempo e leia até o final as dicas para conseguir emprego para quem nunca trabalhou!

 

Por que é tão difícil conseguir emprego para quem nunca trabalhou?

Você já parou para se questionar por que é tão difícil conseguir emprego para quem nunca trabalhou? Com mais de 12 milhões de desempregados no país, conseguir uma oportunidade sem ter experiência pode ser um grande desafio, principalmente em períodos de crise.

Quando a pessoa não é formada, é recém-formada ou está em um processo de transição de carreira, pode ser ainda mais difícil enfrentar as etapas do processo seletivo e competir com candidatos com experiência profissional naquela linha de atuação.

Como a análise do currículo geralmente é a primeira etapa, dependendo das exigências da vaga, um perfil com mais experiência prática pode ser mais atrativo do que um perfil em desenvolvimento em determinado assunto, ou apenas com conhecimento teórico.

Além disso, algumas empresas não investem na formação do profissional e preferem buscar um profissional que esteja atuando em outras empresas, com escopo de trabalho semelhante para a vaga em aberto, de tal modo que a curva de aprendizado da pessoa será menor e as expectativas de sua contribuição terá retorno mais rapidamente.

 

Dicas para conseguir a primeira oportunidade

Agora que você compreendeu alguns dos motivos que fazem com que as pessoas demorem mais tempo para conquistarem o seu primeiro emprego, que tal colocar em prática as dicas que daremos a seguir?

 

  1. Invista no autoconhecimento

É fundamental investir no seu autoconhecimento e conhecer melhor o que você gosta, o que não gosta, o que quer, assim como o que não quer. Tenha em mente os seus pontos fortes e os seus pontos a serem desenvolvidos.

Ao conhecer mais de si, você conseguirá pleitear vagas em sintonia com o seu perfil, e ser um profissional com o qual outras pessoas poderão contar.

Foque em conhecer bem as suas habilidades técnicas e comportamentais. Para saber mais sobre o assunto, leia nosso artigo sobre “Soft skill e hard skills: como utilizá-las”.

 

  1. Busque a qualificação

Independentemente do seu momento profissional ou de estar disponível no mercado de trabalho, todo profissional precisa investir em aprendizado contínuo.

Portanto, busque por cursos online gratuitos ou outras formas para manter-se atualizado e em evolução constante. Assim, quando aparecer a tão sonhada oportunidade, você terá as competências necessárias para colocar em prática tudo o que aprendeu na teoria.

Ser uma pessoa curiosa, que valoriza o lifelong learning, e sabe aprender é bastante importante.

 

  1. Elabore o currículo com suas experiências

Caso você não tenha experiência profissional, não se preocupe. Os recrutadores estão acostumados a contratarem para cargos de início de carreira.

Existem vários tipos de currículo, inclusive para profissionais em início de carreira. Pessoas em início de carreira sem experiência profissional, devem incluir suas experiências acadêmicas, projetos relevantes, trabalho voluntário, hobbies e outros projetos relevantes alinhados com a área em que deseja atuar.

 

  1. Busque por empresas que valorizam as competências

O mercado de trabalho está cada vez mais consciente de que as competências comportamentais são em muitos casos, mais importantes do que a experiência técnica, pois o fit cultural é que mantém ou não um talento na organização, e um bom profissional é capaz de aprender aquilo que ele não sabe, o que se torna cada vez mais crucial em um mundo Vuca e BANI.

Ainda, muitas empresas gostam de contratar profissionais com um bom perfil comportamental para que possam desenvolver e moldar de acordo com a necessidade da empresa. Então valorize empresas que priorizam as soft-skills e estejam dispostas a desenvolver as suas hard skills.

 

  1. Prepare-se para as entrevistas de emprego

Não basta apresentar um ótimo currículo, se na hora em que estiver frente a frente com o entrevistador você não conseguir convencê-lo de que é a melhor contratação que ele fará para aquela vaga.

É importante ser espontâneo, responder as questões com clareza e objetividade, apresentando exemplos específicos que reforcem suas habilidades. Mais uma vez, você pode demonstrar esses exemplos através de experiências que não sejam profissionais.

Não deixe de pesquisar sobre a empresa, sobre a vaga e os tipos de entrevistas. Assim, você se sentirá mais seguro e passará essa segurança para quem o entrevistar.

 

  1. Projetos acadêmicos

Tenha em mente os projetos e entregas relevantes que fez durante a faculdade. Apesar de parecer que as suas atividades acadêmicas não são adaptáveis ao meio corporativo, elas são de extrema importância caso você ainda não tenha experiências profissionais como jovem aprendiz, estágio, ou programa de trainee.

Afinal, para concluir um projeto acadêmico você precisou passar por várias etapas para concluí-lo com êxito. Lidar com prazo, pressão, colegas de equipe, entre outros. Como você lidou com desafios e realizou a entrega diz muito sobre como realizará projetos âmbito profissional.

 

  1. Realize trabalho voluntário

Experimente dedicar alguns momentos do seu dia para ajudar alguém ou algo que você gosta. Existem várias instituições que estão em busca de voluntários para os mais diversos tipos de trabalho. Busque o que mais se encaixa com sua personalidade e preencha seu tempo e seu coração com ações que fazem bem para quem faz e para quem recebe.

Além de você está fazendo o bem e ajudar o próximo, passará por aprendizados e lições valiosas.

 

  1. Seja freelancer

Busque trabalhos como freelancer. Existem muitas plataformas confiáveis com várias opções para realizar trabalho remoto, ou até mesmo, oportunidades temporárias.

Dessa forma, você consegue adquirir experiência algum tipo de experiência profissional, começar a ser remunerado e construir um portfólio e uma rede de contatos.

 

  1. Faça estágios e Programa de Trainee

Se você está na faculdade, o primeiro emprego pode aparecer a partir de uma vaga de estágio ou um programa de trainee.  As empresas estão investindo cada vez mais nessas vagas e oferecendo bons salários, atraindo muitos candidatos.

Além disso, essa é uma ótima oportunidade para aprender sobre a carreira e colocar em prática tudo o que você está aprendendo na teoria. Assim, você amplia as suas chances de ser efetivado pela empresa com a qual está estagiando, ou até mesmo angaria experiências profissionais para depois buscar uma outra oportunidade já possuindo experiência de trabalho.

 

  1. Utilize o LinkedIn

O LinkedIn é uma rede social profissional muito utilizada por empresas e profissionais tanto no Brasil quanto no mundo.

Portanto, invista na criação de um perfil que destaque suas competências e projetos, e não esqueça de lançar os cursos concluídos, seguir empresas e pessoas que podem agregar na sua carreira. Além disso, é uma ótima ferramenta para realizar networking.

 

Conclusão

Conseguir emprego para quem nunca trabalhou é difícil, mas é possível. Todo profissional que está hoje trabalhando começou sem experiência profissional e foi angariando mais conhecimento ao longo do tempo.

O processo de busca por emprego requer disciplina, paciência e inteligência emocional. Então se prepare e seja proativo para conquistar a oportunidade quando ela aparecer.

Não esqueça que todo o processo oferece aprendizados, então não deixe de tirar lições de cada erro ou acerto que cometer e, quando a sua hora chegar, não deixe de ouvir, assimilar e continuar aprendendo e evoluindo com cada dia trabalhado.

Se você precisar de uma ajuda especializada, a Sim Carreira pode ajudá-lo a iniciar a sua carreira profissional de forma personalizada.

Não perca tempo! Entre em contato com nossa equipe e siga-nos nas redes sociais, para continuar atualizado sobre o universo corporativo.

Precisa de ajuda?