Mundo VUCA e Mundo BANI: já ouviu falar?

Mundo VUCA e Mundo BANI

Sabemos que o mundo está em constante transformação e lidar com tudo isso não é uma tarefa fácil. Não é verdade? Talvez, o que a Sociedade 5.0 não sabe é que existem forças que direcionam essa mudança e a transição do Mundo VUCA para o Mundo BANI é a que melhor representa esse cenário.

Conhecer como era a realidade nos anos 90 e o que está acontecendo atualmente pode nos ajudar a usar essas transformações a nosso favor e utilizá-las tanto na vida pessoal quanto na carreira.

Neste artigo, vamos mostrar as peculiaridades do Mundo VUCA e como a transição para o Mundo BANI pode afetar nossas ações e a importância de nos prepararmos para as carreiras do futuro. Confira!

 

O que é o Mundo VUCA?

Esse termo de Mundo VUCA surgiu nos anos 90 por meio das unidades militares dos EUA para apresentar o novo cenário mundial. Com a queda do Muro de Berlim, as relações entre as potências se tornaram complexas, devido aos interesses próprios.

Os pilares que definiram esse novo cenário foram: a Volatilidade, a Incerteza, a Complexidade e a Ambiguidade, em inglês são representadas pelas iniciais (Volatility, Uncertainty, Complexity e Ambiguity), denominando o Mundo VUCA.

Apesar de ter iniciado na área militar, o termo migrou para o mundo empresarial e passou a representar que determinado projeto, produto ou serviço pode se tornar obsoleto em um curto espaço de tempo.

Para algumas organizações, isso representa um enorme perigo, enquanto outras enxergam no Mundo VUCA a sua maior oportunidade. A diferença entre quem irá conduzir as mudanças e quem será prejudicado por elas está na preparação e capacidade de adaptação.

 

Impactos do Mundo VUCA

Conhecer o que cada palavra da sigla VUCA representa é fundamental para a tomada de decisão das empresas devido à velocidade da tecnologia e dinamismo do mercado. Por isso, vamos saber um pouco mais sobre cada uma.

 

Volatilidade (V – volatile)

Está relacionada à imprevisibilidade e extensão da mudança, operar em um ambiente volátil significa enfrentar desafios frequentes que atrapalharão o andamento de atividades diárias. Por conta disso, muitas vezes é difícil diferenciar entre o que é urgente e o que é importante.

 

Incerteza (U – uncertainty)

É o resultado de ambientes voláteis e está relacionada à incapacidade de prever e medir certos eventos externos. Ou seja, ninguém pode prever com exatidão o que o amanhã trará.

 

Complexidade (C – complexity)

É caracterizado por um ambiente no qual há informações que estão disponíveis ou podem ser previstas, mas seu volume ou natureza podem torná-las difíceis de serem processadas.

 

Ambiguidade (A – ambiguity)

É a confusão entre causa e efeito, os conflitos de interesses (voluntários ou não) ou a impossibilidade de entender completamente uma situação e suas externalidades.

Durante muito tempo, o cenário após a Guerra Fria descreveu exatamente o mundo em que vivíamos, onde a tecnologia passou a estar presente em tudo e seus avanços eram cruciais para o desenvolvimento de novos negócios e ampliação do sucesso.

 

Quando acontece a transição?

Com o surgimento do COVID-19, o termo do Mundo BANI, que surgiu antes da pandemia, é potencializado com as transformações decorrentes desse novo momento que evidenciou que a era digital está tomando conta de todas as etapas dos processos internos e externos das empresas e da vida dos profissionais.

Com isso, a era VUCA está dando lugar a uma nova geração BANI, onde a volatilidade dá lugar a agilidade, a incerteza se transforma em ansiedade, a complexidade para a não linearidade e a ambiguidade para a incompreensão.

Nesse momento está ocorrendo a transição do Mundo VUCA para o Mundo BANI, em que os detalhes veremos a seguir.

 

O que é o Mundo BANI?

O acrônimo BANI significa Brittle, Anxious, Nonlinear e Incomprehensible, ou, em português: Frágil, Ansioso, Não linear e Incompreensível. O termo foi criado por Jamais Cascio, professor da Universidade da Califórnia, historiador, pesquisador e membro do Institute for the Future.

O conceito ganhou mais reconhecimento e passou a ser usado especialmente para descrever o panorama pós-pandemia. Vamos conhecer o que cada termo representa?

 

Frágil (B – brittle)

Se, no mundo VUCA, a volatilidade é predominante, no mundo BANI isso atingiu um grau tão extremo que basicamente tudo é muito frágil e sem solidez.

Pessoas sentem medo de perder o emprego do dia para a noite, empresas trabalham com planejamentos menos robustos e mais curtos, e a maioria das pessoas parece compreender que tudo pode ruir a qualquer instante.

 

Ansioso (A – anxious)

Com certeza, nesse cenário de pandemia, a ansiedade foi um ponto de atenção para muitas pessoas. Afinal, as incertezas do mundo VUCA se tornaram cada vez mais avassaladoras, gerando uma onda de medo, insegurança e impotência diante das mudanças.

Assim, a ansiedade pelo que “vai acontecer” se tornou latente e predominante para a maioria dos profissionais, fazendo com que muitos se sintam constantemente perdidos.

No mundo BANI, essa ansiedade acarreta em medo de tomadas de decisão, e pode inclusive criar barreiras reduzindo novas iniciativas e impactando profundamente a busca por novas soluções.

 

Não linear (N – non-linear)

A complexidade do mundo VUCA se tornou a não linearidade, marcada especialmente pela desconexão entre causa e efeito. A crise do Coronavírus e as mudanças climáticas são dois exemplos deste sistema.

Vivemos em um mundo onde o impacto das decisões possuem repercussões além do concebível, gerando impactos em elementos diretos e indiretos que nunca poderíamos imaginar.

 

Incompreensível (I – inconprihensible)

Por fim, a ideia de ambiguidade dá lugar a um momento de profunda incompreensão, que surge principalmente pelo excesso de informações. No mundo BANI, a comunicação é tão rápida e frequente, que muitos simplesmente não sabem como agir ou as repercussões e implicações que isso pode significar.

A capacidade de analisar os fatos e compreender o que faz ou não sentido, parece estar em crise neste momento. Pessoas e profissionais estão constantemente sem uma resposta.

 

De Mundo VUCA ao Mundo Bani: como se preparar?

A verdade é que o conceito BANI nos ajuda a entender e reagir rapidamente a mudanças que, como vimos, serão cada vez mais dinâmicas e instáveis. Em um mundo extremamente incerto, esperar por mais transformações é a única certeza.

O mundo BANI é uma lupa para quem deseja definir objetivos e que trajeto percorrer para obter sucesso profissional. O cenário é cada vez mais desafiador e a capacitação é imprescindível. Além de flexibilidade, gestão do tempo, liderança remota e autonomia, também devemos desenvolver mais resiliência, empatia, mindfullness, inteligência emocional, entre tantas outras soft skills fundamentais para obter sucesso daqui em diante.

Por isso, não importa qual é a sua profissão, se não quiser ficar para trás é importante buscar o desenvolvimento contínuo e equilibrar a vida pessoal com a profissional é essencial para que todas essas transformações não se tornem causas de doenças ou distúrbios na saúde nesse novo mundo em que vivemos.

 

Gostou do artigo da Sim Carreira? Então siga nossas redes sociais (Facebook, Instagram, LinkedIn e YouTube), mantenha-se atualizado sobre as transformações no mercado de trabalho e na área de Recursos Humanos e faça a diferença!

Precisa de ajuda?