O que é mindfulness e qual a importância da sua prática

Você sabe o que é mindfulness e o quanto realizar a prática do mindfulness pode auxiliar no desenvolvimento de sua carreira e melhorar seu dia a dia? Vamos compreender detalhadamente o que é mindfulness, qual a sua importância para uma vida mais equilibrada, com produtividade e felicidade, e como realizar a prática do mindfulness.
O que é Mindfulness - sim carreira

Você sabe o que é mindfulness e o quanto realizar a prática do mindfulness pode auxiliar no desenvolvimento de sua carreira e melhorar seu dia a dia?

Com a quantidade de informações que somos submetidos diariamente, desde o advento da indústria 4.0, fica cada vez mais difícil manter o foco e a produtividade, podendo resultar em crise de ansiedade no trabalho, estresse, depressão e outros distúrbios que afetam a saúde mental, como a síndrome de burnout.

Para combater esse mal é necessário utilizar métodos que ajudem a acalmar a mente e aprender a focar toda a atenção no que realmente importa naquele momento. Para isso, foi desenvolvida a metodologia para a prática do mindfulness, que vamos explicar mais detalhadamente ao longo deste artigo.

Abaixo, vamos compreender detalhadamente o que é mindfulness, qual a sua importância para uma vida mais equilibrada, com produtividade e felicidade, e como realizar a prática do mindfulness. Não perca o foco e aprecie a leitura!

 

O que é mindfulness?

Mindfulness é uma técnica utilizada pelas pessoas que desejam obter a “atenção plena” (tradução em português), isto é, desejam focar no momento atual para obter resultados mais efetivos apesar das dificuldades que se apresentam no cotidiano.

Através desse treinamento é possível perceber pensamentos, sensações corporais e emoções no momento que ocorrem, sem reagir impulsivamente, o que possibilita a tomada de decisões mais efetivas, influenciando diretamente em nossa rotina diária.

Por meio da prática do mindfulness é possível abrir espaço na mente e regular as emoções que nos desafiam, mesmo nos momentos mais difíceis, contribuindo para um melhor desenvolvimento de sua Inteligência emocional no trabalho ou em qualquer situação.

Então, agora que entendemos o que é mindfulness, vamos conhecer como surgiu essa prática que tem atingido cada vez mais pessoas em todo o mundo e como podemos utilizá-la.

 

A história do surgimento de mindfulness

Ao contrário do que se imagina, devido à meditação, o mindfulness não surgiu no oriente e sim por um professor americano chamado Jon Kabat-Zinn em parceria com a escola de medicina da Universidade de Massachusetts, em 1979.

Jon conhecia as técnicas de meditação e o budismo, por esse motivo foi convidado a utilizar suas habilidades para auxiliar os enfermos que não estavam respondendo aos tratamentos tradicionais.

A partir disso, Jon desenvolveu o MBSR – Mindfulness Based Stress Reduction, um tratamento de 8 semanas capaz de promover bem-estar e qualidade de vida a todos os voluntários, sem nenhum tipo de relação com religião.

Com o resultado surpreendente, a técnica passou a ser utilizada em outras instituições e incorporada às pessoas que se identificavam com a metodologia.

 

Como iniciar a prática do mindfulness?

Treinar a atenção plena e concentração requer regularidade, e, para que se torne rotina, é preciso dar o primeiro passo. Para tanto, é preciso estar aberto ao novo e saber que esse processo vai conectá-lo com o momento presente, o que implica em aceitar o que está acontecendo, sem julgamentos ou juízos prévios de valor sobre as coisas.

Começar com 1 a 5 min por dia fará uma grande diferença e o indivíduo poderá aumentar esse tempo conforme a sua evolução, bem como de acordo com a sua própria necessidade de “parar” por alguns momentos, a fim de evitar atitudes reativas.

A prática pode ajudar o indivíduo a se manter mais consciente antes ou depois de momentos difíceis, tais como reuniões de trabalho, conversas decisivas e estressantes, processos seletivos, entre outros.

Por não ter ligação com qualquer religião, essa prática ensina a pessoa a se conectar com o seu interior por meio da respiração, sensações internas e externas que o corpo está percebendo, sem desviar a atenção de si próprio.

o que é mindfulness

Mas como fazer isso? Não se preocupe! Vamos mostrar 3 passos simples para a prática do mindfulness.

 

Passo 1

Escolha uma posição confortável e deixe seu corpo se estabilizar nessa posição. A partir disso, preste atenção em seu corpo e no que você está sentindo fisicamente (onde seu corpo está apoiado, a temperatura da sua pele, se há alguma dor ou pontos de tensão). Perceba também seus pensamentos e emoções.

Passo 2

Após essa autoconexão, permita-se focar somente em sua respiração e tudo o que a envolve: movimento do tórax, do abdome, do ar entrando e saindo pelos pulmões. Não altere o fluxo natural de sua respiração, apenas observe. Faça isso por algumas respirações.

Passo 3

Antes de finalizar, atente-se novamente às sensações de todo o seu corpo naquele momento, assim como ao local onde você está, os sons e a temperatura do ambiente, sem julgar, sem pensar se gosta ou não gosta, apenas aceitando aquela realidade.

Após esse momento, você estará mais focado no que realmente importa e sua mente ficará mais livre e criativa para continuar seu dia com motivação pessoal e profissional, autocontrole e autoconfiança.

 

Quais os benefícios e a importância da atenção plena?

Diferentemente da meditação oriental que propõe ao indivíduo “esvaziar a mente”, a prática do mindfulness recomenda que a pessoa se conecte com o momento presente e aprenda a perceber as situações externas e internas com um olhar observador, não de julgamento.

Se realizada com regularidade, a prática da metodologia em busca da atenção plena é capaz de auxiliar na saúde mental com muitos benefícios, dentre os quais se destacam:

  • redução da ansiedade;
  • prevenção da depressão;
  • aumento da memória e da criatividade;
  • mais consciência em relação aos pensamentos;
  • aprender a não reagir imediatamente às situações;
  • conhecimento das necessidades do corpo;
  • aumento da empatia;
  • redução do estresse;
  • aumento do foco;
  • redução da insônia;
  • alcance do bem-estar pleno.

Esses foram apenas alguns dos benefícios que a atenção plena com a prática do mindfulness pode proporcionar às pessoas, mas cada indivíduo pode perceber outros benefícios na sua rotina.

 

A prática do mindfulness e o ambiente corporativo

No ambiente corporativo, os benefícios que vimos acima se tornam ainda mais importantes, pois auxiliam significativamente na capacidade de captação de informação, aumento de produtividade, aprendizado de novas técnicas, empatia com as demais pessoas, exercício da Inteligência emocional no trabalho em qualquer situação, e, ainda, podem melhorar o clima organizacional e facilitar o aprimoramento de boas práticas de liderança.

Quando reparamos a diferença da Geração XYZ na Sociedade 5.0, existe um hábito de multitarefa, especialmente entre os profissionais mais jovens, que muitas vezes têm uma atenção difusa em momentos importantes que requerem atenção plena.

Apesar da multitarefa poder ajudar em certas ocasiões, existem momentos em que a atenção plena e a presença de corpo e mente são fundamentais, razão pela qual a prática do mindfulness pode ser um grande aliado na convivência e no sucesso corporativo.

Com a importância da prática do mindfulness já comprovada, por que não experimentar essa metodologia que tem custo zero, não impõe qualquer tipo de doutrina religiosa e ainda aumenta o bem-estar?

 

Nesse conteúdo, foi possível compreender o que é mindfulness, como iniciar a prática, seus benefícios e sua importância dentro e fora do ambiente de trabalho, pois a atenção plena é capaz de mudar a forma como enxergamos as situações e assim melhora a nossa capacidade de tomada de decisão.

Gostou do conteúdo da Sim Carreira? Então siga-nos nas redes sociais (Facebook, Instagram, LinkedIn e YouTube) e aprimore seus conhecimentos!

 

o que é mindfulness

CEO de Empresa de Recrutamento e Seleção e Headhunter Especializado

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Política de Cookies
Utilizamos cookies em nosso site para oferecer a você a experiência mais relevante, lembrando suas preferências e visitas repetidas e ajudando a economizar dados. Ao clicar em “Aceitar Cookies”, você concorda com o uso de cookies. Mais informações podem ser encontradas na Política de Privacidade do Site.