EnglishPortugueseSpanish
EnglishPortugueseSpanish

Subsistemas de RH: saiba a difereça e com quem falar

subsistemas-de-RH

Você conhece os diversos subsistemas de RH?  Precisa de algum apoio da área de People, também conhecida como Gente & Gestão, mas não sabe com quem falar?

Assim como todas as diretorias de uma empresa, existem vários subsistemas de RH, cada um com a sua responsabilidade e função dentro da organização.

O RH passou por inúmeras transformações e foi promovido de um setor meramente operacional do tradicional Departamento Pessoal para uma área estratégica da organização, responsável pela cultura da empresa, clima organizacional, atração, recrutamento, treinamento e desenvolvimento da carreira de seus colaboradores, e muito mais!

Se você ainda tem dúvidas sobre os subsistemas de RH e a responsabilidade de cada área, seja porque está interessado em atuar em Recursos Humanos ou porque possui dúvidas sobre o assunto, neste artigo, vamos conhecer cada subdivisão e descobrir a quem poderá recorrer com cada assunto. Não perca a leitura!

 

A evolução do RH

Os subsistemas de RH foram evoluindo conforme a sociedade e os subsistemas de RH se desenvolveram para atender as novas demandas que surgiram com o passar do tempo. Ao entender a evolução da Sociedade 1.0 até a Sociedade 5.0, conseguimos melhor entender o desenvolvimento do RH até aqui e o RH do futuro.

 

Os subsistemas de RH

O RH do futuro trabalha baseado em 4 pilares: a visão estratégica do negócio, a análise de dados, os agentes de transformação e a tecnologia de ponta. Com isso, é possível exercer com excelência atividades fundamentais para o crescimento de qualquer organização, como veremos a seguir. Confira!

 

Departamento Pessoal

A área de administração de pessoal, também conhecida como Departamento Pessoal (DP), é responsável por realizar toda a parte burocrática da trajetória do profissional na organização e foi o primeiro subsistema de RH. Inclusive, essa área tem várias subdivisões para cuidar dos trâmites operacionais e administrativos de cada funcionário. Vejamos:

 

  • Admissão

Os funcionários dessa área realizam todas as etapa de admissão, recolhem as documentações necessárias, agendam os devidos exames admissionais e realizam os tramites legais para que o funcionário seja efetivamente reconhecido como parte do quadro funcional.

 

  • Folha de Pagamento

Os profissionais que atuam nesse setor de Folha de Pagamento são os responsáveis pelo gerenciamento da folha de proventos e descontos dos colaboradores. Além disso, são encarregados pela emissão das guias para pagamento dos impostos e tributos referente aos documentos, a fim de manter a regularidade da empresa com os órgãos públicos.

 

  • Benefícios

A área de benefícios é responsável por fazer a gestão dos benefícios dos colaboradores dentro da empresa. Ainda que as empresas possam oferecer benefícios flexíveis, os mais comuns são a assistência médica (plano de saúde); assistência odontológica (plano dental); seguro de vida; Vale Refeição; Vale Alimentação; Vale Transporte; entre outros.

Além disso, os caso de licenças referentes à maternidade, paternidade, bodas e as férias também são de responsabilidade desse subsistema tão necessário para que tudo se cumpra dentro da lei e dos direitos dos funcionários.

 

  • Rescisão

O time de Rescisão é responsável por cuidar do desligamento dos funcionários. Aqui, a equipe faz toda a validação para pagar tudo que é legalmente devido e garantir que o processo rescisório siga os conformes da lei.

 

Recrutamento e Seleção

A área de Recrutamento e Seleção (R&S) é responsável por identificar e atrair os melhores profissionais do mercado para a empresa. Por meio de profissionais qualificados e ferramentas tecnológicas é possível realizar os processos seletivos de forma mais eficiente, fortalecendo o time interno. Muitas vezes, esse time é responsável por todo o recrutamento da empresa, isto é, pelo recrutamento interno e externo.

 

Treinamento & Desenvolvimento

A área de Treinamento e Desenvolvimento (T&D) é fundamental para que seja colocado em prática a capacitação do profissional. O próprio processo de onboarding de um novo funcionário e todo cronograma de capacitação e upskilling e reskilling das competências dos profissionais são gerenciados por esse time, que também é conhecido como Desenvolvimento Humano Organizacional (DHO).

Geralmente, a área de T&D é a principal responsável por fazer o acompanhamento do clima organizacional, engajamento dos coladores, do employer experience, além de realizar a avaliação de desempenho e construir um plano de sucessão corporativo.

 

Remuneração

A área de remuneração, ou de Cargos e Salários, é muito importante na empresa. É a área que define se a empresa tem orçamento para realizar uma nova contratação, que define as faixas salariais por cargos.

 

  • People Analytics

Por ser uma área data-driven, isto é, focada na parte analítica de dados, é muito comum que a área de People Analytics também esteja dentro desse subsistema de Remuneração. Essa área é responsável por avaliar todos os indicadores voltados às pessoas, como Turnover / Retenção, Absenteísmo, Produtividade, Dimensionamento de Quadro, além de mapear e realizar projeções para uma melhor tomada de decisão do negócio.

 

  • Relação com os sindicatos

Os sindicatos são importantes para as negociações de reajustes das faixas salariais e os benefícios que devem ser oferecidos pelas organizações, assim como por zelar para que as instituições pratiquem as cláusulas dos Acordos Coletivos.

O profissional responsável por essa função dentro da empresa monitora os documentos referentes às relações junto soa sindicatos e deve estar sempre atento às suas renovações. Por sua natureza, é muito comum que essa área esteja dentro da área de Remuneração/Cargos e Salários.

 

Gestão

Conforme chamado em muitas organizações e integrante da parte de “Gente e Gestão”, a área de Gestão tem a responsabilidade de realizar o desdobramento de metas e o acompanhamento dos indicadores de performance da empresa e dos profissionais.

É essencial para garantir que as diretrizes da empresa e as metas das diversas divisões sejam compatíveis com as atividades de cada função. Também é a área que realiza a curadoria das metas atingidas para eventuais pagamentos de bonificação.

 

Business Partner

A área de Business Partner (BP) tem o objetivo de aproximar a área de RH do negócio, agregando valor a linha de negócio com a qual ela atua, seja Operações, Finanças, Tecnologia, entre outras.

O Business Partner é um consultor interno, que atua como mediador entre a alta gestão da empresa e as diversas equipes, visando potencializar os resultados do negócio.

Ao mover as práticas e metas dos recursos humanos para que elas sejam elementos de apoio às estratégias e objetivos da instituição, essa parceria oferece à empresa um canal de potencialização da performance e do aumento da eficiência organizacional, permitindo a atualização dos processos internos de acordo com a necessidade da “linha de frente”, isto é, de acordo com a necessidade do negócio central da empresa.

 

Conclusão: subsistemas de RH

Ao conhecer a história e as funções dos subsistemas de RH, é possível entender com mais clareza a importância desse setor para a organização.

Entender como o RH se divide e se desenvolve é fundamental para todo profissional Afinal, durante a sua carreira, você irá passar pelo RH por algum motivo, certo? Agora você consegue saber a quem se direcionar quando tiver dúvidas, de acordo com o assunto a ser resolvido.

 

Siga o site da Sim Carreira e as nossas redes sociais (Facebook, Instagram, LinkedIn e YouTube) para ficar por dentro das tendências do segmento de RH e do mercado de trabalho.

Precisa de ajuda?