EnglishPortugueseSpanish
EnglishPortugueseSpanish

Segmento de startups no mercado de trabalho

Segmento de startups

Você conhece a diferença entre cada segmento de startup? As mudanças tecnológicas e a velocidade das informações estão cada vez mais assustadoras, mesmo com a sociedade 5.0 em plena ascensão. Junto com essa evolução surgem os diversos segmentos de startups, que estão se tornando indispensáveis no mercado de trabalho.

E isso se reflete no número de startups assumindo maiores fatias do mercado, atraindo as novas gerações e inovando com seu rápido crescimento e retorno financeiro.

A seguir, vamos nos aprofundar sobre o que são startups, techs e quais os principais segmentos de startups que estão fazendo a diferença no mundo dos negócios. Confira!

 

O que é uma startup?

É o estado temporário de uma organização, em seu início, com modelo de negócios voltado para a solução dos problemas dos clientes, e que tem a inovação e uso da tecnologia como seus principais diferenciais.

Você sabia que o Google e o Facebook já foram startups e hoje são grandes empresas? Utilizá-los como exemplo é a forma mais simples de compreender o conceito. Por isso, ressaltamos abaixo algumas características em comum:

  • Foram criadas inicialmente como experimento para resolver um problema;
  • Capacidade de “pivotar” o negócio com velocidade, com uma estrutura mais horizontal e ágil;
  • Utilizaram a tecnologia como principal ferramenta;
  • Com o intuito de satisfazer as necessidades dos clientes, o desenvolvimento contínuo foi a grande estratégia para o crescimento e retorno financeiro, sendo que essa ainda é a base para se manterem sólidas no mercado.

 

O que são as techs?

Como vimos no tópico anterior, as startups são baseadas na inovação tecnológica e na apresentação de soluções para os problemas que surgem ou ainda surgirão no mundo moderno.

As techs quebram barreiras com menores custos, facilitando a vida de quem busca a tecnologia para simplificar produtos e serviços, com comunicação ágil e sem a burocracia dos modelos tradicionais de empresas. A seguir, você vai conhecer os principais segmentos disponíveis no mercado.

 

Segmento de startups: principais techs de sucesso

Ao ler as definições anteriores e como as startups se tornaram a grande referência da transição do mundo VUCA para o mundo BANI, é mais fácil compreender a importância da tecnologia na era em que vivemos.

Todas as novas empresas que utilizam a tecnologia de forma disruptiva podem ser consideradas techs.

Existem muitos exemplos de tech startups nos mais diversos segmentos: retailtechs (voltado pro segmento do varejo), foodtechs (segmento alimentício), agrotechs (segmento agro), govtechs (segmento governamental), cleantechs (energia renovável), legaltechs (segmento jurídico), adtechs (segmento de publicidade), martech (segmento de marketing), credtechs (segmento de crédito), insurtechs (segmento de seguros).

Abaixo, vamos falar em maiores detalhe sobre quatro segmentos de techs: fintechs (segmento financeiro), edtechs (segmento educacional), healthtechs (segmento de saúde) e HR techs (segmento de RH).

 

Fintechs

Esse termo foi criado para caracterizar empresas que oferecem serviços financeiros com custos mais baixos que as instituições bancárias tradicionais. A principal característica é a tecnologia para oferecer aos clientes a facilidade de acesso, a praticidade e a resolução das suas dificuldades por meio de apps e sites intuitivos.

Além disso, os assistentes virtuais são fundamentais, assim como os chats online.

Algumas das melhores fintechs do Brasil são: Nubank, PicPay e GuiaBolso.

 

Edtechs

Denominada para indicar startups voltadas à educação, as edtechs representam o maior segmento no Brasil. Com cerca de 566 empresas mapeadas até 2020, conforme pesquisa realizada pela Associação Brasileira de Startups (ABStartups), em parceria com o Centro de Inovação para a Educação Brasileira (CIEB), os dados indicam que o mercado está em plena expansão.

As edtechs atuam com plataformas de cursos online, ferramentas de gamificação, jogos educativos e desenvolvimento de software sob demanda, além de outras iniciativas capazes de revolucionar o método de aprendizado no país.

Alguns exemplos de sucesso são: DreamShaper, Descomplica e Veduca.

 

Healthtechs

Com a pandemia da COVID-19 ainda em estágio avançado no Brasil, as startups que desenvolvem soluções tecnológicas com foco na saúde, se tornaram cada vez mais imprescindíveis.

O lockdown transformou a telemedicina em uma das principais alternativas para as pessoas que precisam monitorar a saúde física e mental (ansiedade, depressão e síndrome do pânico foram condições que aumentaram nesse período) sem se expor a ao vírus. As healthtechs estão sendo fundamentais nesse processo.

Além disso, outro foco dessas startups são a gestão e prontuários eletrônicos capazes de agilizar algumas etapas morosas no atendimento ao paciente.

Algumas healthtechs que estão fazendo a diferença são: ZenKlub, Labi Exames e Conexa Saúde.

 

HR Techs

O RH do futuro é uma realidade e tanto as empresas quanto os profissionais devem estar atentos às inovações que estão acontecendo continuamente. E essas mudanças estão chegando por meio das HR Techs.

Algumas das principais características que podemos destacar nessas startups são:

  • integração dos processos;
  • informações das métricas do setor;
  • melhora na experiência da equipe;
  • alta performance na execução das tarefas.

A partir das características que apontamos, é importante que você conheça as vantagens que HR Techs, como a Sim Carreira, podem oferecer para a inovação do RH da sua empresa e começar a implementar o quanto antes. Vamos lá?

 

Adaptação às transformações digitais

Com um RH modernizado, é possível realizar processos seletivos mais eficientes, investir em treinamento e desenvolvimento dos profissionais e aliar as estratégias da empresa com os perfis contratados de forma mais assertiva.

Além disso, plataformas de recrutamento disponibilizam a oportunidades a todos, consideram soft skills e hard skills e podem aumentar a diversidade e a inclusão no ambiente corporativo.

Por isso, é fundamental que o profissional se mantenha atualizado e saiba como utilizar os avanços na tecnologia ao seu favor.

 

Opções de produtos e serviços com foco nos colaboradores

Uma das principais características das startups é a inovação com foco em soluções, não é verdade? E aliar esses resultados para melhorar a experiência dos profissionais pode ser a chave para o sucesso da organização.

Com isso, algumas HR techs criaram o sistema de benefícios flexíveis, uma inovação quando o assunto é deixar o funcionário decidir o que ele considera essencial em sua vida de acordo com a pontuação que a empresa disponibiliza.

O resultado, em sua maioria, oferece motivação, engajamento e resultados eficientes.

 

Redução de erros de gestão

Com softwares de acompanhamento e monitoramento de resultados é possível ter maior embasamento para realizar decisões mais efetivas e ter uma gestão de pessoas baseada em dados e não em suposições.

Essas vantagens que algumas HR Techs proporcionam são fundamentais na redução de erros estratégicos e aumento da credibilidade do setor.

 

Conclusão do segmento de startups

O segmento de startups no mercado chegou para ficar e faz parte da nossa realidade. Afinal, as startups oferecem produtos e serviços que após virarem realidade, não conseguiríamos imaginar como seria a vida sem essas soluções.

O mercado de trabalho se torna mais dinâmico, as pessoas passam a ter melhores alternativas e soluções para o que precisam e as empresas enxergam oportunidades de se renovarem e inovarem com as mudanças em andamento.

Então, continue investindo em seu conhecimento, mantenha-se atualizado e leia nosso artigo sobre Protagonismo na Carreira para aprender como se tornar um profissional de sucesso e ser disputado pelas melhores organizações!

Precisa de ajuda?