Qual salário devo ter no meu novo emprego?

Qual Salário Devo Ter No Meu Novo Emprego

Você estabeleceu como meta para o novo ano uma nova oportunidade de carreira? Deseja fazer uma transição ou buscar dentro da sua especialização uma remuneração maior? Se em uma dessas perguntas você respondeu “sim”, então está na hora de pensar: qual salário devo ter no meu novo emprego?

Como a lei da oferta e da procura se estende ao mercado de trabalho, em tempos de recessão, onde há uma queda em quantidade de oportunidades, salários tendem a reduzir e em tempos de prosperidade e um alto número de vagas, salários tendem a aumentar para conseguir atrair e reter os profissionais.

As faixas salariais praticadas no mercado e as referências de guias salariais são excelentes formas de entender como você está posicionado no mercado e se responder qual salário devo ter no meu novo emprego.

Por isso, neste artigo vamos facilitar sua resposta para: qual salário devo ter no meu novo emprego? Confira!

 

Pretensão salarial: o que é?

Quando o profissional se candidata a uma oportunidade, geralmente nas plataformas digitais, a pergunta que causa um certo constrangimento é: qual a sua pretensão salarial?

Muitos acabam escrevendo valores abaixo do que gostariam de receber apenas por acreditarem que assim terão maiores chances de serem selecionados, o que é um erro. Trazer remunerações exuberadas e fora da realidade também tende a reduzir as chances do profissional avançar no processo seletivo.

Com a inteligência artificial auxiliando no processo de recrutamento, os filtros do programa avalia a compatibilidade do candidato com os vários requisitos da vaga, além de apenas a pretensão salarial. Aliás, a remuneração do profissional será de acordo com a senioridade esperada pelo cargo e provavelmente existe um filtro para considerar candidatos apenas em determinada faixa salarial.

Então, você deve estar refletindo sobre o quanto a pretensão salarial influencia na etapa de recrutamento. A resposta é: muito! Sua pretensão salarial deve estar alinhada com o orçamento que a empresa tem para aquela posição e se a sua pretensão tiver muito fora da realidade, seja para baixo ou para cima, suas chances de evoluir no processo reduzem drasticamente.

Por isso, tão importante quanto a sinceridade na hora de definir sua pretensão salarial, é você ter em mente a sua trajetória profissional, seus objetivos e suas qualificações, incluindo suas soft skills e hard skills necessárias para disputar a vaga.

Pesquisar os guias salariais para ter melhor conhecimento da prática de mercado é essencial para se posicionar de forma competitiva para a nova posição.

 

Qual salário devo ter no meu novo emprego?

Agora que você sabe o significado de pretensão salarial é importante saber como definir esse valor de forma compatível com sua carreira e objetivos. Assim, estará mais bem preparado para responder a pergunta, qual salário devo ter no meu novo emprego?

É importante que o profissional saiba exatamente quanto precisa, ou o mínimo valor com o qual avaliaria uma mudança e o seu valor taget, ou seja, aquilo que almeja, que é aquilo que, sendo realista de alcançar, seria ótimo e quase irrecusável para realizar a movimentação de carreira.

Vamos observar alguns pontos relevantes para essa tomada de decisão.

 

Esteja atento ao mercado de trabalho

Verifique como está a oferta e a demanda na função e do segmento desejado. O LinkedIn costuma apresentar quantos profissionais se candidataram à vaga na plataforma e notícias de mercado costumam falar sobre tendências e áreas com falta de mão de obra.

A partir dessas informações: oferta x procura, será possível construir uma perspectiva relevante e um melhor entendimento quanto ao quão quente está sua área.

Atente-se às competências mais solicitadas, tempo de experiência e consulte guias salariais de acordo com seu ramo de atuação e perceba como está o seu setor.

 

Avalie a sua situação

Tão importante quanto ter referências externas e pesquisar sobre o mercado de trabalho, é olhar para si.

Analise o seu currículo e entenda a sua trajetória, observe em que nível de senioridade você está e quais seriam próximos passos que fariam sentido na sua carreira, tanto em termos de escopo, quanto de salário.

O autoconhecimento pode ser um bom direcionamento para definir a resposta para sua pergunta de qual salário devo ter no meu novo emprego. Afinal de contas, quais são as suas necessidades, objetivos e prioridades?

Ter em mente o que você considera mais importante nas organizações, desde as coisas mais complexas: cultura, plano de carreira, clima e engajamento, até as mais simples como o dress code e benefícios flexíveis.

Qual salário devo ter no meu novo emprego?

Todas essas avaliações vão ajudar a filtrar as suas prioridades e o que combina com sua personalidade.

 

Prepare-se para o novo emprego

Olhar para o mercado e olhar para si é fundamental para decidir os objetivos futuros.

Mas agora que isso foi feito, chegou o momento de se preparar para a oportunidade dos seus sonhos.

Verifique sempre se suas competências estão compatíveis e atualizadas para exercer a função. Isso significa praticar o lifelong learning e manter suas especializações e novos conhecimentos em dia.

Essa prática é muito bem vista pelos recrutadores, pois significa que o candidato não ficou esperando a oportunidade cair do céu e é o protagonista da própria carreira.

 

Considere seu custo de vida

Não basta estar pronto para a vaga se ela não atende às suas necessidades. Aceitar uma oferta com um valor que não pague suas contas básicas mensais, não é uma decisão coerente.

Afinal, o desgaste mental que isso vai causar é muito prejudicial e pode interromper evoluções que estavam acontecendo, bloqueando seus objetivos.

Por isso, estabeleça para si mesmo um valor mínimo antes de aceitar qualquer proposta.

 

Esteja aberto à negociação

Ao determinar um valor mínimo aceitável, o candidato estará mais livre para buscar uma vaga.

Quando o candidato é inflexível quanto à negociação, pode estar perdendo uma grande oportunidade. Afinal, o pacote de remuneração total do candidato vai muito além do salário fixo. Isso implica em avaliar também o salário emocional que a empresa oferece.

Que tal conversar para entender o pacote de remuneração total? Pode ser que exista comissão, bônus, ou outros benefícios entre remuneração fixa, remuneração variável e incentivos de longo prazo que possam atender os seus objetivos.

Comunicação clara e objetiva é tudo!

 

Considere a experiência

Os profissionais que estão buscando uma oportunidade dentro da área de atuação devem estar atentos à experiência, formação e demais requisitos para exercer a função. É possível que ao possuírem a expertise e os requisitos para exercer a posição com maestria, o profissional consiga elevar o seu salário no novo emprego. Isso porque, como o profissional já realizou este papel antes e foi bem sucedido, provavelmente irá realizar o mesmo cargo em outro local com maestria.

Caso a pessoa esteja pleiteando uma nova função e precisará aprender grande parte do escopo, pode ser que o salário da pessoa seja na faixa inferior do orçamento da empresa, para que este profissional consiga receber aumentos a medida que seu empenho e capacidade forem sendo demonstrados.

 

Pesquise sobre plano de carreira

Ao se perguntar qual salário devo ter no meu novo emprego, não deixe de considerar o plano de carreira e perspectivas a curto, médio e longo prazo. Pode ser que que essa pergunta seja menos relevante considerando todo um contexto.

 

Conclusão

Nesse conteúdo, percebemos que não basta criar uma pretensão salarial aleatória. É importante ter propriedade para estabelecer valores e, com isso, poder ter liberdade para pesquisar, negociar e alcançar o objetivo salarial para sua carreira de forma satisfatória.

Com isso, a pergunta: qual salário devo ter no meu novo emprego? Se torna menos assustadora e muito mais inteligente do que se imagina, e se você estiver preparado e confiante para dar a resposta para essa pergunta, seja para si mesmo ou para um recrutador.

Então, se gostou desse artigo, não deixe de complementar a sua leitura com o nosso conteúdo sobre “Principais modelos de contratação: como funcionam?” e inicie uma nova etapa profissional em sua carreira.

Qual salário devo ter no meu novo emprego?

CEO de Empresa de Recrutamento e Seleção e Headhunter Especializado

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Política de Cookies
Utilizamos cookies em nosso site para oferecer a você a experiência mais relevante, lembrando suas preferências e visitas repetidas e ajudando a economizar dados. Ao clicar em “Aceitar Cookies”, você concorda com o uso de cookies. Mais informações podem ser encontradas na Política de Privacidade do Site.