7 práticas para uma boa sucessão empresarial

Praticas para uma boa sucessao empresarial

Quem serão os próximos líderes e dirigentes da sua empresa? Conhecer e investir em práticas para uma boa sucessão empresarial não só ajudam a responder essa pergunta, mas também permitem que seu negócio se prepare para o futuro.

Afinal, as organizações que não preparam suas próximas lideranças arriscam sofrer prejuízos e perder a relevância do mercado após a troca de gestão.

Para evitar esses e outros problemas, se preparar para a sucessão empresarial é a melhor solução. 

Para te ajudar nesse processo, neste artigo, você vai entender o que é e qual importância dessa sucessão e ainda vai aprender 7 práticas para uma boa sucessão empresarial.

Continue a leitura!

 

O que é sucessão empresarial?

A sucessão empresarial se refere ao processo de passagem e transferência de poder de um líder ou grupo de dirigentes para outro.

Na prática, todas as responsabilidades do cargo, seja a posição de C-level, Diretoria ou algum outro cargo de alto executivo, deixam de ser obrigações da gestão atual e são transferidas para outra(s) pessoa(s).

Embora não seja uma regra, é comum que os novos líderes e dirigentes de negócios familiares tenham algum parentesco com a gestão anterior no caso da sucessão empresarial familiar.

Apesar disso, muitas empresas preferem formalizar o processo de sucessão e escolher novos gestores com base em sua experiência e capacidade profissional, beneficiando o negócio, que é o tipo de sucessão mais comum dentre empresas multinacionais.

Seja qual for o caso, é fundamental que a atual gestão crie um plano de sucessão empresarial, garantindo a estabilidade e continuidade do negócio mesmo após a troca de liderança.

 

O que é um plano de sucessão empresarial?

O plano de sucessão empresarial é um guia desenvolvido pela empresa com o objetivo de identificar novos líderes e ajudá-los a desenvolver as habilidades necessárias para que eles assumam posições estratégicas na organização. 

Esse plano também assegura que os atuais dirigentes saibam o que fazer até mesmo em momentos de emergência.

Assim, quando a empresa decidir ou precisar trocar sua liderança, ela terá à sua disposição profissionais preparados para assumirem o desafio de garantir a manutenção e a continuidade do negócio.

 

Por que investir na sucessão empresarial é importante?

Investir na estruturação de um plano de sucessão empresarial ajuda a empresa a evitar vários problemas no futuro e fortalece a sua capacidade de sucesso no longo prazo.

Graças a esse planejamento de sucessão empresarial, é possível evitar momentos de crise e falta de liderança que podem ocorrer em períodos de transição planejada ou emergencial.

Além disso, um bom plano também ajuda a reduzir os riscos para os acionistas e investidores do negócio, garantindo a manutenção da relevância da marca no seu nicho de mercado.

Apesar de ajudar a evitar esses cenários, a maioria das organizações negligencia seu planejamento sucessório. Isso ocorre por vários motivos, como a falta de conhecimento sobre o assunto e a necessidade de investir tempo e recursos nesse processo.

Se de um lado estão as empresas que não têm conhecimento sobre o tema, do outro estão organizações que não estruturam um plano de sucessão corretamente. Nesse caso, a empresa também pode enfrentar problemas após a mudança de gestão.

Por isso, o ideal é que cada organização crie seu próprio plano, alinhando os futuros dirigentes com as expectativas e necessidades do negócio.

Porém, para garantir o sucesso e a eficiência desse planejamento, é fundamental que ela adote algumas práticas para uma boa sucessão empresarial.

Mas quais são essas práticas? Confira a seguir.

 

Como fazer uma boa sucessão empresarial?

Conheça abaixo 7 práticas para uma boa sucessão empresarial que vão ajudar seu negócio a tornar esse processo de transferência de responsabilidades mais assertivo e eficiente.

    1. Planeje com antecedência;
    2. Entenda quais são as necessidades do negócio;
    3. Faça reuniões anuais com a atual liderança da empresa;
    4. Simplifique o processo;
    5. Invista na capacitação de talentos;
    6. Construa uma equipe de aprendizagem;
    7. Compartilhe o plano com os colaboradores.

A seguir, traremos maiores detalhes sobre as 7 práticas para uma boa sucessão empresarial.

1- Planeje com antecedência

Uma boa sucessão empresarial exige um planejamento bem estruturado. Além de evitar conflitos, ela permite a formação de líderes capacitados para assumir as responsabilidades do negócio.

Porém, para que tudo isso seja feito com eficiência, é fundamental que o plano de sucessão da empresa seja preparado com antecedência.

Assim, a organização estará preparada para mudanças em quaisquer situações, inclusive após emergências, como a morte de algum dirigente.

Portanto, quanto antes a empresa começar a fazer esse planejamento, melhor!

2- Entenda quais são as necessidades do negócio

Um bom plano de sucessão empresarial deve considerar os pontos fortes e fracos da empresa e avaliar suas necessidades.

Para isso, é preciso avaliar as metas a longo prazo do negócio e entender qual o status da empresa em relação a esse planejamento.

Baseado nessas informações, você deve definir quais são as áreas que ainda precisam ser melhoradas para que a empresa consiga alcançar seus objetivos.

Com esses dados em mãos, fica mais fácil de investir na capacitação de talentos, preparando essas pessoas para assumir papéis estratégicos no negócio.

Ainda, caso a empresa queira oxigenar o seu time e trazer conhecimento externo, pode contar com Executive Search e empresas de recrutamento especializado.

3- Faça reuniões anuais com a atual liderança da empresa

Fazer uma ou duas reuniões anuais com os dirigentes da empresa e os líderes do setor de Recursos Humanos (RH) pode ajudar a identificar talentos em diferentes níveis do negócio para uma boa sucessão empresarial em todos os níveis da empresa. Inclusive, a avaliação de desempenho pode ajudar a mapear futuros líderes.

Juntos, esses gestores podem fazer indicações, discutir insights, avaliar o perfil dos funcionários e chegar a um consenso em relação a quais profissionais têm potencial para assumir cargos estratégicos do negócio.

Assim, além de investir nesses talentos desde a base, como através de programas de Trainees, a empresa pode traçar estratégias para reter esses colaboradores na organização.

4- Simplifique o processo

Processos complexos têm mais chances de serem abandonados ou seguidos incorretamente.

Por esse motivo, ao invés de dificultar a identificação e capacitação de bons profissionais para assumir cargos de liderança, o ideal é tornar esse processo o mais simples possível.

Para isso, é essencial ter metas claras, definir prazos e critérios de escolha, bem como programas de capacitação.

A gestão do tempo desse processo também é fundamental e deve garantir que todas as etapas sejam realizadas no menor tempo possível.

5- Invista na capacitação de talentos

Um bom plano para uma boa sucessão empresarial deve incluir estratégias para o desenvolvimento de sucessores em potencial. Para isso, o primeiro passo é mapear os talentos da empresa e identificar seus pontos fracos e fortes.

Assim, o RH pode identificar quais soft skills e hard skills eles precisam desenvolver para se tornarem sucessores e desenvolver um plano de capacitação personalizado para cada um deles.

Além de oferecer essa capacitação, é fundamental acompanhar o desenvolvimento desses talentos. Por essa razão, o ideal é realizar avaliações periódicas, pelo menos uma vez ao ano, desses profissionais.

Dessa forma, é possível eliminar candidatos do plano sucessório caso não apresentam o padrão esperado, ou para melhor atender mudanças em estratégias.

Como resultado de investir na capacitação de seus profissionais, a empresa garante o preparo dos profissionais que apresentam o perfil e as habilidades necessárias para a continuidade do negócio no longo prazo.

6- Construa uma cultura de aprendizagem

Empresas com cultura de aprendizado investem práticas e ações que visam o desenvolvimento de seus colaboradores até mesmo na sua rotina de trabalho.

Discutir tendências, implementar novas soluções e estimular a criatividade e aprendizado são algumas características dessa cultura.

Tudo isso contribui para o desenvolvimento das potencialidades dos funcionários e para a retenção de talentos na empresa.

Como identificar e desenvolver talentos é uma meta do plano de sucessão empresarial, construir uma cultura de aprendizagem também facilita esse processo.

7- Compartilhe o plano com os colaboradores

A sucessão empresarial é um tema que pode deixar os funcionários ansiosos. Por isso, após definir seu planejamento de sucessão, é importante que a empresa compartilhe seus objetivos com os colaboradores que podem ser afetados por eles.

Não precisa compartilhar todos os detalhes do plano. Basta explicar o escopo do plano de sucessão, quais funções estão incluídas e como o processo deve ser conduzido.

Assim, caso haja a necessidade de alguma entrevista ou da realização de treinamentos, os colaboradores já estarão cientes dos objetivos da organização.

 

Conclusão

Entender a importância e conhecer as principais práticas para uma boa sucessão empresarial são os primeiros passos para preparar sua empresa para o futuro.

Afinal, essas práticas ajudam a organização a identificar e investir nos talentos do negócio, preparando esses profissionais para ocupar cargos estratégicos de alto escalão.

Assim, é possível evitar problemas relacionados a uma sucessão inadequada ou sem o preparo necessário para assumir as responsabilidades do negócio.

Por isso, está na hora investir no planejamento sucessório e na identificação e gestão de talentos da sua empresa.

Quer ajuda nesse processo para identificar ou desenvolver a sua equipe?  Entre em contato com a equipe da Sim Carreira e converse com os profissionais que vão te ajudar nessa jornada!

práticas para uma boa sucessão empresarial

CEO de Empresa de Recrutamento e Seleção e Headhunter Especializado

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Política de Cookies
Utilizamos cookies em nosso site para oferecer a você a experiência mais relevante, lembrando suas preferências e visitas repetidas e ajudando a economizar dados. Ao clicar em “Aceitar Cookies”, você concorda com o uso de cookies. Mais informações podem ser encontradas na Política de Privacidade do Site.