Como recusar uma proposta de emprego

Como recusar uma proposta de emprego

Recebeu uma oferta de trabalho, mas não pode ou não quer aceitá-la? Então, você precisa aprender como recusar uma proposta de emprego.

Afinal, sua resposta a essa oferta pode ser determinante no seu futuro profissional e na sua imagem perante o mercado de trabalho.

Por isso, é importante recusar a oferta de forma inteligente e aproveitar a oportunidade para deixar as portas da empresa abertas para você em outras ocasiões.

Quer saber como recusar uma proposta de emprego da melhor maneira possível? Acompanhe a leitura e confira quando e como recusar uma proposta de trabalho da forma certa!

 

Quando recusar uma proposta de emprego?

Mesmo que uma proposta de trabalho pareça muito atraente, é fundamental que o profissional analise a oferta com cuidado antes de seguir com o processo seletivo ou contratação.

Caso contrário, ele corre o risco de prejudicar seu plano de carreira, ficar frustrado com o trabalho e ainda prejudicar sua imagem no mercado de trabalho.

Por isso, tão importante quanto ter uma oportunidade de emprego é saber dizer não quando a proposta não é interessante ou vantajosa para você.

 

Mas como saber se uma proposta de trabalho é boa ou não?

Para te ajudar a entender a resposta, primeiro, você precisa entender quando recusar uma proposta de emprego.

Abaixo, destacamos 10 motivos para recusar uma proposta de emprego:

10 Motivos para recusar uma proposta de emprego

      • O salário e os benefícios oferecidos são incompatíveis com a média do mercado, a função ou sua experiência profissional;
      • O cargo exige o desenvolvimento de tarefas muito complexas em comparação ao que é normalmente exigido, ou muito simples, gerando frustração;
      • A vaga não se encaixa no seu plano de carreira;
      • A empresa exige competências e habilidades complexas que você não possui e não tem tempo hábil ou interesse em desenvolver;
      • A vaga exige disponibilidade para viagem, mas você não tem interesse em viajar a negócios para representar a empresa;
      • A localização da empresa é muito distante da sua casa, exigindo um tempo de deslocamento longo, que pode gerar cansaço, frustração e até baixa produtividade ou você prefere um trabalho remoto;
      • Você não se identifica com a cultura da empresa;
      • A empresa, vaga ou segmento não estão alinhados com os seus objetivos profissionais e pessoais, ou valores.
      • O modelo de contratação não atende;
      • Você tem outra proposta de emprego em vista.

 

6 dicas para recusar uma proposta de emprego educadamente

Muitas pessoas não sabem o que fazer ou como recusar uma proposta de emprego e acabam se queimando no mercado.

Recusar uma oferta de trabalho de forma profissional e educada é mais simples do que parece. Para isso, basta seguir as dicas 6 dicas de como recusar uma proposta de emprego.

Como recusar uma oferta de trabalho

      1. Fique atento ao prazo da resposta;
      2. Veja se a empresa está aberta a negociação;
      3. Agradeça a proposta;
      4. Decline a proposta por escrito;
      5. Seja honesto e breve na resposta;
      6. Deixe as portas abertas.

A seguir, entraremos em maiores detalhes de como recusar uma oferta de trabalho.

1- Fique atento ao prazo de resposta

Empresas e recrutadores sabem que uma proposta de trabalho precisa de tempo para ser analisada. Porém, para não prejudicar o processo de contratação, elas podem te dar um prazo para receber uma resposta.

Caso essa informação não esteja clara na proposta, é importante perguntar em quanto tempo você deve responder à oferta.

Assim, você pode analisar os detalhes da proposta e responder em tempo hábil, sem correr o risco de perder a oportunidade.

De qualquer forma, lembre-se: quanto antes você responder, melhor! Assim, você permite que a empresa siga o seu processo seletivo, seja com você ou com outro candidato.

2- Veja se a empresa está aberta a negociação

O valor do salário, os benefícios oferecidos e até mesmo o regime de trabalho são alguns dos fatores que podem levar o profissional a desistir da proposta logo após o primeiro contato com o recrutador.

O problema é que essa atitude, muitas vezes impulsiva, pode te fazer ignorar as vantagens de uma estratégia importante: a negociação salarial. Por isso, antes de recusar a oferta, verifique se a empresa está aberta à negociação.

Se a resposta for positiva, marque uma reunião e apresente sua contraproposta, justificando a necessidade de revisar alguns pontos da oferta.

Pode ser que essa simples conversa gere um contrato que beneficia as duas partes. Nesse caso, não há necessidade de recusar uma oferta vantajosa para você se conseguirem chegar a um acordo.

3- Agradeça a proposta

Pode parecer algo banal, mas agradecer a proposta de trabalho sinaliza educação, respeito e apreço pelo trabalho do recrutador, que investiu seu tempo e esforço para te oferecer essa oportunidade.

Por isso, o agradecimento é uma das partes essenciais da mensagem de recusa que deve ser enviada para a empresa/recrutador.

4- Decline a proposta por escrito

Você está mesmo decidido a recusar a oferta de emprego? Então, formalize essa recusa. Envie um e-mail para o recrutador informando sobre sua decisão, justificando sua escolha e agradecendo a oportunidade.

Mesmo que a oferta tenha sido feita por outro canal, por telefone, WhatsApp ou encontro presencial, é importante encontrar uma forma de entrar em contato com o recrutador e formalizar sua recusa da proposta de emprego.

Lembre-se que o texto dessa resposta deve ser educado, cordial e respeitoso. Assim, você demonstra profissionalismo, educação e valorização do trabalho e ao tempo do outro, fatores que agregam a sua imagem pessoal.

5- Seja honesto e breve na resposta

Como explicamos, é importante explicar o motivo da recusa para o recrutador ou empresa. Afinal, isso demonstra que você realmente pensou na proposta e ainda pode ajudar a manter as portas abertas para outras oportunidades.

Mas não precisa entrar em muitos detalhes, certo? Seja breve e honesto na sua explicação.

Você pode explicar que a proposta oferecida não se adequa a sua pretensão salarial ou que prefere trabalhar de forma remota, por exemplo.

6- Deixe as portas abertas

Mesmo recusando a oferta atual, pode ser que você ainda tenha interesse em trabalhar nessa empresa no futuro.

Se esse for o caso, é importante deixar “as portas abertas” para novas oportunidades.

Por isso, mostre para o recrutador ou a empresa que você tem interesse em futuras oportunidades que surgirem na organização e que sejam adequadas ao seu perfil.

Assim, caso surja outra vaga, você tem mais chances de ser lembrado. Aqui, vale lembrar que o mercado é dinâmico e é difícil saber como será o dia de amanhã.

Portanto, é essencial deixar as portas abertas, já que nunca se sabe quando você vai precisar de uma nova oportunidade.

 

O que não fazer ao recusar uma proposta de emprego?

Tão importante quanto aprender como recusar uma proposta de emprego é entender o que não fazer nesse processo.

Por isso, separamos 3 orientações sobre o que você deve evitar fazer para assim, manter uma boa imagem profissional e deixar as portas abertas com a empresa interessada no seu trabalho.

O que não fazer ao recusar uma oferta de trabalho

      • Ser mal-educado e hostil ao responder à proposta;
      • Não dar uma resposta para a empresa, mesmo que seja uma resposta negativa da proposta de emprego.
      • Criticar outra empresa ou profissional com o qual você já trabalhou ou conversou;
      • Usar palavras negativas como “rejeitar” ou “desisti”, que podem ser substituídas por expressões como “não poderei aceitar sua oferta”.

 

Conclusão

Embora possa parecer difícil recusar uma oportunidade de emprego, a verdade é que essa pode ser a melhor decisão para o seu sucesso profissional.

Se você avaliou a proposta e concluiu que ela não é adequada ao seu perfil e objetivos profissionais, não é trilha de carreira que pretende seguir, ou não atende demais necessidades, é melhor ser honesto e fiel consigo mesmo e desistir da proposta.

E lembre-se: isso não é o fim do mundo!

Na verdade, ainda é possível aproveitar a oportunidade para deixar as portas abertas para o futuro, reforçar sua imagem pessoal e até repensar sua trajetória profissional. Realize uma movimentação profissional e uma transição de carreira de forma consciente, que seja melhor para você.

Quer ajuda nesse processo? Entre em contato com a equipe da Sim Carreira e tenha acesso aos melhores profissionais para te ajudar a decolar sua carreira!

como recusar uma proposta de emprego

CEO de Empresa de Recrutamento e Seleção e Headhunter Especializado

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Política de Cookies
Utilizamos cookies em nosso site para oferecer a você a experiência mais relevante, lembrando suas preferências e visitas repetidas e ajudando a economizar dados. Ao clicar em “Aceitar Cookies”, você concorda com o uso de cookies. Mais informações podem ser encontradas na Política de Privacidade do Site.