Empresa de Recrutamento de Mulheres

Cuidados que RH deve ter para os passos em inclusão e diversidade:

  • Promova educação e empatia dos colaboradores que ocupam cargos de alta liderança e de execução de programas de contratação para grupos específicos;
  • Organize programas de contratação com intencionalidade, ou seja, com uma busca intencional por perfis mais diversos.
  • Entenda que programas e ações afirmativas têm
    grandes resultados na vida das pessoas contratadas;
  • Considere que as atitudes que mantêm as desigualdades também nos ambientes corporativos precisam ser modificadas estruturalmente com intencionalidade e eficácia; É o momento de sair do campo teórico e avançar com medidas práticas.

Igualdade no trabalho para as mulheres

A inclusão das mulheres no mercado de trabalho brasileiro em condições idênticas aos homens requer a reavaliação das convenções sociais e do papel tipicamente imposto às mulheres atualmente.

Para ultrapassar essas barreiras, uma das discussões apresentadas é o estabelecimento de cotas para os cargos mais altos, sendo mostrada como uma das mais efetivas saídas para a correção social frente à discriminação, e isso vale para vestibulares, mercado de trabalho, cargo empresarial e outras
situações.

Como salientado pela empresária Luiza Helena Trajano, líder do grupo Mulheres do Brasil (MdB), “cotas são um mecanismo temporário para correção de distorções que o mercado não consegue regular naturalmente”. Para ela, o ingresso das mulheres nos conselhos é um processo transitório de dez anos, de modo que, alcançando 30% do patamar pretendido, seria criado um círculo autosustentável, sem necessidade de imposição legislativa.

As cotas para as mulheres no mercado de trabalho têm como objetivo corrigir injunções históricas na sociedade brasileira, onde a mulher foi tratada com inferioridade ao homem, razão pela qual as cotas devem ser encaradas como um artifício que se espera ser momentâneo, até que as tradicionais barreiras sociais para o desenvolvimento profissional das mulheres sejam erradicadas, possibilitando uma efetiva ascensão meritocrática.

Como se empoderar para promover a equidade de gênero

Não cobre perfeição de si mesma ou de outras mulheres

Busque o autoconhecimento e a inteligência emocional

Seja uma mulher que empodera outras mulheres

3 coisas que as mulheres almejam no trabalho em 2021

1. Os empregadores devem se posicionar sobre questões sociais relevantes.

As pressões sociais pela igualdade racial nos últimos anos estimularam muitas empresas a fazerem declarações públicas sobre o que estão fazendo para melhorar e promover a diversidade, e algumas deram um passo além, apoiando os
pronunciamentos com compromissos financeiros.  Uma nova pesquisa mostrou que as mulheres são mais propensas do que os homens a levar em consideração a postura do empregador sobre a igualdade racial e de gênero durante a busca e a escolha de um trabalho.

2. O trabalho flexível e remoto não é mais “agradável”, mas “obrigatório”

Uma pesquisa com mulheres sobre o que é mais importante para elas ao avaliar uma potencial empresa em sua busca de emprego revelou que os benefícios financeiros são tão importantes quanto as opções de trabalho flexível ou remoto. Por exemplo, quando examinamos os dados mais detalhadamente, verificou-se que, para todas as entrevistadas que se identificaram como negras, o trabalho flexível ou remoto é mais importante do que os benefícios financeiros oferecidos.

3. Oportunidades de desenvolvimento profissional que as auxilie na preparação para um aumento e/ou promoção

Quando perguntamos  o que as mulheres gostariam que seus empregadores fornecessem enquanto trabalham remotamente, a segunda resposta mais popular foi: oportunidades de desenvolvimento profissional online gratuitas, com desconto ou aprendizagem online. Quer o conteúdo esteja diretamente relacionado ao avanço na carreira ou cubra o gerenciamento do estresse, as mulheres procuram maneiras de avançar em suas carreiras e empregadores que ofereçam oportunidades de apoiá-las nesse processo.

Com pandemia, participação das mulheres no mercado de trabalho é a menor em 30 anos

A pandemia do COVID-19 abalou a economia em nível mundial, provocando desequilíbrios ainda maiores da presença da mulher no trabalho. Com empresas fechando postos de trabalho, escolas operando a distância e idosos precisando de atenção extra, a diminuição das mulheres no mercado de trabalho é exorbitante, alcançando o patamar mais baixo dos últimos 30 anos segundo dados do Estadão.

A participação feminina no mercado ficou em 46,3% no segundo trimestre deste ano. Desde 1991, o número não caia abaixo dos 50% e desde 1990 não atingia valor tão baixo, quando ficou em 44,2%, segundo dados do IBGE de 2020.

As 3 maiores Empresarias do Brasil Que Atuam Diretamente no Recrutamento de Mulheres

Empresas de Recrutamento com Diversidade e Inclusão

A diversidade e inclusão no ambiente de trabalho é essencial para uma sociedade mais justa e plural. Cada vez mais a sociedade busca profissionais diversos, valorizando as diferenças pessoais de
pensamento, experiências, etnia, idade, gênero, religião, personalidade, estilo e outras.

A lista das 10 melhores empresas de recrutamento com diversidade e inclusão destaca empresas que vem atuando liderando essa transformação cultural na sociedade atuando com ações afirmativas e inserindo mulheres, negros e outros perfis diversos em posições de liderança no mercado de trabalho.

Assim como a Sim Carreira, junte-se a Rede Mulheres Empreendedoras (RME), o movimento junto à ONU e apoie os Princípios do Empoderamento das Mulheres (WEPs), ou ao Sistema B, e tenha uma atuação afirmativa diária em prol da igualdade de gênero e diversidade no ambiente corporativo.

 

“Companheira me ajude que eu não posso andar só, eu sozinha ando bem, mas com você ando melhor!”

Formulário para Contato

Na procura de ajuda por uma Consultoria Especializada em Outplacement e Recolocação Profissional entre em contato com a Sim Carreira!

Precisa de ajuda?