Pessoa outlier: o que é e como ser?

Pessoa outlier

Pessoa outlier é uma expressão que ganhou popularidade após a publicação do livro “Fora de Série – Outliers”, escrito pelo jornalista Malcolm Gladwell.

Nesse livro, o autor explica as características de pessoas acima da média e porque elas se destacam na sua área de trabalho.

A partir dessa publicação, a expressão ganhou força no mundo corporativo e tem sido utilizada para descrever profissionais que se destacam e agregam valor às empresas. Afinal, suas competências e habilidades ajudam a organização a crescer e a melhorar os seus resultados.

Apesar do sucesso desse termo, o conceito de outlier ainda gera muitas dúvidas. Por exemplo, como saber se sou um outlier? É possível se tornar um profissional acima da média? O que preciso fazer para alcançar esse objetivo?

Para responder essas perguntas, neste artigo, explicaremos o que é uma pessoa outlier, quais as suas características e como se tornar esse profissional.

 

O que é ser uma pessoa outlier?

A pessoa outlier é alguém que se destaca em função das suas habilidades, conquistas e esforços utilizados para executar atividades e desempenhar uma função.

Por conta disso, essa pessoa é considerada acima da média, ou seja, ela se diferencia de forma significativa dos demais.

Esse conceito está relacionado ao próprio significado do termo “outlier”. Na estatística, esse termo é usado para descrever valores que estão muito distantes da média em um conjunto de dados. Ou seja, trata-se daquele valor “fora de série” ou de “ponto fora da curva”.

Conforme explicado, esse termo foi ressignificado por Malcolm Gladwell, autor do livro “Fora de série – Outliers”, que utilizou essa palavra para descrever pessoas que se destacam por serem muito boas na sua área de atuação.

De acordo com Gladwell, os outliers tem muito mais do que talento ou facilidade para executar uma tarefa. Além dessas vantagens, essas pessoas fora de série se destacam por conta do seu nível de esforço e dedicação.

Graças a combinação dessas características com as oportunidades que elas aproveitaram ao longo da vida, essas pessoas se tornam extraordinárias, ou seja, outliers.

Por exemplo, um cientista que faz descobertas revolucionárias ou um empreendedor que constrói uma empresa extremamente bem-sucedida podem ser considerados outliers em suas respectivas áreas de atuação.

 

Principais características de uma pessoa outlier

Ser uma pessoa outlier significa ter um desempenho excelente em uma determinada área. Esse desempenho é resultado da combinação de talento, habilidades, esforço e oportunidades que a pessoa encontra ao longo da vida.

Por conta dessa combinação de fatores, a pessoa outlier apresenta normalmente as seguintes características:

      • Desempenho excepcional na sua área de atuação;
      • Paixão pelo que faz;
      • Extremamente motivado para trabalhar, melhorar e crescer na sua área de interesse;
      • Altamente dedicado e disciplinado;
      • Mindset outlier, ou seja, tem a capacidade de pensar de forma inovadora, criativa e fora da caixa;
      • Resiliente, ou seja, é capaz de lidar com falhas e problemas para alcançar seus objetivos;
      • Curiosidade insaciável e muita disposição para aprender e crescer;
      • Coragem e determinação para superar desafios;
      • Entende a importância do networking e da colaboração para alcançar certos objetivos;
      • Autoconfiante e autêntico para trabalhar por seus objetivos;
      • Geralmente, é um líder inspirador.

 

Por que as empresas buscam pessoas outlier?

Pessoas outliers são consideradas exceções em meio à multidão da força de trabalho. Em outras palavras, elas são raras e difíceis de encontrar.

Em compensação, quando as empresas encontram, contratam e sabem aproveitar todo o potencial desse tipo de profissional, elas podem obter vários benefícios.

O primeiro deles é o fomento à inovação. Afinal, os outliers tendem a ser mais criativos, flexíveis e a pensar “fora da caixa”.

Esses fatores também favorecem o desenvolvimento de outras vantagens, como a diversidade, o desenvolvimento de soluções criativas e inovadoras, e até a eficiência operacional.

Tudo isso ajuda a melhorar os resultados da empresa, agrega valor ao clima do negócio e ainda fortalece a cultura organizacional.

É muito comum que empresas que buscam a seleção dos profissionais outliers utilizem de empresas de headhunter e de recrutamento especializado para uma contratação assertiva.

 

Como saber se sou um outlier?

A pessoa outlier é alguém acima da média. Portanto, para saber se você tem esse perfil, precisa descobrir se realmente é alguém excepcional na sua área de atuação.

Ou seja, você precisa se destacar dos seus colegas, a ponto de ser considerado um ponto fora da curva, uma referência. O problema é que essa definição é subjetiva.

pessoa outlier

Isso porque você pode se considerar acima da média com base na sua percepção pessoal ou na análise de algumas pessoas ao seu redor. No entanto, essa percepção não é o bastante para caracterizar alguém como “fora de série”.

Para facilitar a identificação de pessoas com esse perfil, Malcolm Gladwell, autor do livro “Outlier”, explica a chamada Regra das 10 mil horas.

Segundo essa teoria, é necessário acumular pelo menos 10 mil horas de prática em determinada atividade para se tornar excepcional na sua área de trabalho. Ou seja, mais que talento e habilidade, é necessário esforço, dedicação e experiência para se tornar um outlier.

Diante disso, fica claro que ser acima da média não é uma característica inata. Na verdade, a pessoa precisa se dedicar – e muito – para se tornar excepcional naquilo que faz.

Para comprovar isso, basta conhecer a trajetória de personalidades como Steve Jobs, criador da Apple, e Michael Phelps, nadador profissional que acumulou prêmios ao longo da carreira.

Ambos tinham muito talento, mas também se esforçaram e dedicaram muitas horas para se tornarem pessoas outliers.

 

4 dicas práticas para determinar se você é um outlier

Embora a definição de uma pessoa outlier seja um pouco subjetiva, é possível identificar se uma pessoa é outlier com base em uma avaliação objetiva.

Confira abaixo algumas dicas práticas para te ajudar a determinar se você é um profissional fora de série.

    1. Avalie seu desempenho;
    2. Avalie sua experiência;
    3. Compare seus resultados com a média;
    4. Consulte os especialistas.

1. Avalie seu desempenho

O primeiro passo é fazer uma análise do seu desempenho na sua área de atuação. Para isso, avalie fatores como prêmios, reconhecimento público, resultados alcançados, impacto do seu trabalho na sociedade, entre outros fatores.

2. Avalie sua experiência

Outra métrica importante é calcular a experiência acumulada na sua área de atuação. Esse é um dos princípios da Regra das 10 mil horas.

Apesar do cumprimento dessa regra gerar controvérsias, esse princípio ainda é considerado uma métrica importante.

Talvez você não tenha acumulado 10 mil horas práticas em determinada atividade, e está tudo bem. Mas, é fundamental que você tenha uma boa experiência e acúmulo de aprendizado na sua função.

Isso é necessário para confirmar se você se dedicou tempo o bastante a uma atividade a ponto de se tornar um expert.

3. Compare seus resultados com a média

O próximo passo é entender se o desempenho está acima da média. Isso exige que você compare seus resultados com os resultados e padrões típicos da sua área de atuação.

Por esse motivo, é importante pesquisar essas informações e definir métricas que facilitem essa comparação.

4. Consulte os especialistas

Consultar mentores de carreira, job hunters, entre outros especialistas, é fundamental para obter feedback e orientação especializada sobre sua trajetória profissional.

Essas pessoas possuem conhecimento de mercado e são capacitadas para fornecer uma perspectiva externa e precisa sobre seu desempenho em relação aos seus concorrentes.

É possível que até realizem testes e análises mais profundas para entender seu perfil profissional, suas aptidões, e avaliar suas soft skills e hard skills.

Dessa forma, fica mais fácil entender se você realmente é um outlier ou se precisa adotar estratégias para melhorar seu desempenho profissional.

 

Como ser um outlier?

Descobriu que não é uma pessoa outlier? Não se preocupe. Ninguém nasce outlier. É necessário tempo, esforço e dedicação para melhorar suas habilidades e competências profissionais para se destacar na sua área de atuação. Em outras palavras, é possível se tornar um outlier.

Para isso, o primeiro passo é ter clareza sobre seus objetivos profissionais. Afinal, esses objetivos devem orientar todas as decisões e estratégias utilizadas ao longo da sua trilha de carreira. Assim, você evita a estagnação e investe nas ferramentas e projetos certos para se destacar na sua área de atuação.

Para facilitar a conquista desses objetivos, a recomendação é investir em um plano de carreira. Por meio desse planejamento, você entende o que precisa fazer para crescer profissionalmente e se tornar alguém relevante na sua área de atuação.

Se julgar necessário, considere investir em uma mentoria de carreira ou orientação especializada. Conte com profissionais capacitados para te ajudar a traçar seu futuro profissional.

Vale lembrar que não é necessário se tornar um outlier para ter uma carreira bem-sucedida. No entanto, seja qual for o seu objetivo, ter um plano de carreira bem estruturado é o caminho mais fácil para se sentir realizado profissionalmente.

Precisa de ajuda para contratar uma pessoa outlier ou para se tornar um profissional acima da média? Converse com a equipe da Sim Carreira e conheça as nossas soluções!

pessoa outlier

CEO de Empresa de Recrutamento e Seleção e Headhunter Especializado

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Política de Cookies
Utilizamos cookies em nosso site para oferecer a você a experiência mais relevante, lembrando suas preferências e visitas repetidas e ajudando a economizar dados. Ao clicar em “Aceitar Cookies”, você concorda com o uso de cookies. Mais informações podem ser encontradas na Política de Privacidade do Site.