Headhunter: o que é, o que faz, como contratar

Headhunter

Recrutar funcionários de forma eficiente e assertiva é um dos principais desafios das empresas. Dependendo da situação, a melhor forma para superar esse desafio é contar com o apoio de um bom headhunter.

Afinal, esse profissional é especializado na busca ativa por candidatos que atendam os requisitos da vaga e as demandas da empresa. Assim, ele ajuda a organização a formar equipes mais qualificadas e produtivas, garantindo ganhos em competitividade e até nas finanças do negócio.

Apesar do headhunter ser capaz de executar várias tarefas estratégicas, nem todas as empresas entendem as vantagens de investir nesse profissional e quando vale a pena contratá-lo.

Pensando nisso, preparamos esse guia completo para explicar o que é, o que faz, quando contratar e como encontrar um bom headhunter para a sua empresa.

Continue a leitura!

 

O que é headhunter?

O headhunter é um especialista em recrutamento que se concentra em encontrar os profissionais mais qualificados e compatíveis com posições estratégicas da empresa, como cargos de liderança e gestão.

Ele é conhecido por fazer uma busca ativa por talentos, independentemente do nível de dificuldade para encontrar um perfil específico para a vaga.

Isso é possível porque esse profissional utiliza sua ampla rede de contatos e uma abordagem proativa para encontrar os candidatos ideais para o cargo.

Na prática, o headhunter age como um verdadeiro “caçador de talentos”, conectando pessoas talentosas com empresas que precisam desses profissionais.

Aliás, esse propósito reflete o significado do termo “headhunter”. Em tradução livre, essa palavra em inglês significa “caçador de cabeças”.

Em função das suas características, no Brasil, ela é sinônimo de “caçador de talentos”, indicando o perfil proativo que esse profissional deve ter no seu trabalho.

 

O que faz um headhunter?

O headhunter atua como um intermediário entre a empresa que precisa contratar um novo funcionário e os profissionais com perfil adequado a essa vaga de emprego.

Para desempenhar essa função, ele precisa executar diferentes atividades que facilitam a realização de um recrutamento estratégico.

Confira abaixo quais são essas atividades e suas características.

 

10 principais atividades de um headhunter

      1. Estudar o mercado;
      2. Construir um bom networking;
      3. Entender as necessidades da empresa;
      4. Fazer a busca ativa por talentos;
      5. Avaliar os candidatos;
      6. Entrar em contato com potenciais candidatos à vaga;
      7. Realizar entrevistas;
      8. Oferecer feedbacks constantes à empresa;
      9. Negociar os termos de contratação;
      10. Fazer o acompanhamento pós-contratação.

 

1.    Estudar o mercado

Flutuações econômicas e mudanças no ambiente de negócios impactam diretamente o mercado de trabalho. Por isso, esse mercado está em constante evolução.

Entender sua dinâmica e se manter atualizado sobre oscilações, oportunidades e inovações de cada setor é fundamental. Assim, conseguem compreender o que as empresas precisam em relação à mão-de-obra e mercado de trabalho.

Por esse motivo, uma das responsabilidades do headhunter é estudar o mercado. Deve se manter atualizado sobre suas tendências e demandas por habilidades específicas.

Assim, ele pode ampliar sua rede de contatos e realizar seu trabalho de forma mais eficiente. O headhunter ajusta as suas estratégias para ajudar empresas a encontrar candidatos para posições de destaque.

2.    Construir um bom networking

O networking é um dos principais pilares de trabalho do headhunter. Afinal, estabelecer conexões mais sólidas com profissionais-chave e lideranças estratégicas é fundamental para encontrar pessoas qualificadas de forma mais ágil e até atrair talentos para diferentes posições.

Por esse motivo, uma das responsabilidades de um caçador de talentos é construir uma ampla rede de contatos profissionais. Manter esse networking ativo e se dedicar a esses relacionamentos é essencial. Uma boa rede de relacionamentos facilita seu trabalho de conectar empresas e pessoas.

3.    Entender as necessidades da empresa

O caçador de talentos também é responsável por conversar com a liderança da empresa. Utiliza as estratégias adequadas para entender as necessidades da organização.

Isso é essencial porque saber qual vaga a empresa deve preencher não é o bastante para que ele faça o seu trabalho com excelência. Ele também deve entender, como é a sua cultura organizacional, como é sua política interna, entre outros dados que permitam entender como a empresa funciona.

Dependendo do cargo que a empresa precisa preencher, o headhunter pode ter acesso até mesmo a algumas informações confidenciais. Isso pode ser relevante para a contratação de executivos, ou recrutamento de vagas confidenciais, por exemplo.

Em outras palavras, o caçador de talentos avalia vários aspectos do negócio para entender suas necessidades e encontrar os melhores profissionais com perfil adequado para o cargo.

A partir da compreensão dessas necessidades, o caçador de talentos ajuda a empresa a definir o perfil profissional adequado para o cargo que deve ser preenchido.

4.    Fazer a busca ativa por talentos

Outra função do headhunter é fazer a busca ativa por profissionais. Isso significa que ele utiliza uma abordagem proativa para encontrar os profissionais compatíveis com o perfil procurado pela empresa.

Essa busca pode ser feita a partir de indicações da sua rede de contatos, redes sociais (como o LinkedIn) e até mesmo em empresas concorrentes.

5.    Avaliar os candidatos

O caçador de talentos também é responsável por avaliar se o candidato é compatível com o perfil profissional que a empresa busca.

Essa avaliação pode ser composta por diversas etapas que permitam a avaliação das soft skills e hard skills de cada candidato. Algumas dessas etapas devem ser realizadas antes mesmo do primeiro contato com esse candidato.

Por exemplo, é possível ter acesso ao currículo, trajetória profissional e até resultados alcançados. Além disso, também é possível levantar informações sobre empregos anteriores e referências profissionais.

6.    Entrar em contato com potenciais candidatos à vaga

A busca ativa e a avaliação de talentos são fundamentais para filtrar os potenciais candidatos para o cargo e selecionar com quais deles é importante entrar em contato.

Durante esse contato, o headhunter deve apresentar a oportunidade disponível, avaliar o interesse do candidato e explicar quais os próximos passos do processo seletivo, necessários para avaliar sua compatibilidade com a posição.

7.    Realizar entrevistas

O caçador de talentos também pode ser responsável por conduzir entrevistas mais aprofundadas com cada candidato. Para isso, ele pode utilizar diferentes técnicas de entrevista, que variam de acordo com a posição e com o nível de qualificação para o cargo.

Essa etapa é fundamental para entender as competências, habilidades técnicas, fit cultural, expectativas, pretensão salarial, entre outras características dos candidatos.

8.    Oferecer feedbacks constantes à empresa

Em todas as fases de recrutamento, o caçador de talentos deve manter contato com as empresas e oferecer feedbacks relevantes para a definição da contratação.

Afinal, apesar de ter uma certa autonomia para encontrar profissionais adequados para o cargo, a própria empresa é responsável pela decisão final sobre quem deve ser contratado e integrará o seu quadro. Por esse motivo, o headhunter deve compartilhar informações que ajudem a empresa em sua tomada de decisão para uma contratação assertiva.

9.    Negociar os termos de contratação

Quando a organização decide avançar com um candidato, o headhunter também pode facilitar negociação do contrato de trabalho entre a empresa e o profissional escolhido para o cargo

headhunter

Nessa etapa, o caçador de talentos ajuda as duas partes a chegarem a um acordo em relação a salário, benefícios, condições de trabalho, entre outros fatores. Isso é essencial para alinhar expectativas das duas partes e fechar o contrato de trabalho.

10. Fazer o acompanhamento pós-contratação

O headhunter ainda pode monitorar a adaptação da empresa ao novo colaborador, bem como acompanhar a integração desse funcionário na organização.

Dessa forma, ele confirma se o candidato contratado foi uma escolha correta. Caso necessário, também ajuda a empresa a solucionar quaisquer problemas que possam surgir em relação a essa contratação.

Qual a diferença entre headhunter e recrutador?

O headhunter e o recrutador realizam funções parecidas relacionadas ao recrutamento de funcionários para uma empresa. Apesar dessa semelhança, eles desempenham papéis diferentes nesse processo.

Conforme explicado, o caçador de talentos é especializado na busca ativa por candidatos. Para isso, ele utiliza uma abordagem proativa para identificar, abordar e atrair profissionais com os perfis ideias para as vagas disponíveis nas empresas.

Como o headhunter é um prestador de serviço, ele apoia diversas empresas a contratarem. Por isso, é comum se diferenciarem pelo conhecimento de mercado e por conduzirem um recrutamento especializado, de acordo com a sua expertise e segmentação.

Já o recrutador trabalha internamente na empresa e foca em encontrar e atrair candidatos para diversos cargos em sua própria organização. Geralmente, utilizam-se de meios de buscas mais convencionais.

Em outras palavras, headhunter e recrutadores atuam no processo de recrutamento, mas de forma complementar.

Inclusive, o headhunter é um parceiro estratégico da empresa e dos recrutadores na empresa, e geralmente é acionado quando acontecem algumas situações.

 

5 motivos comuns para a contratação de headhunters

      1. A empresa não possui área de Recrutamento;
      2. A demanda é muito alta e os recrutadores precisam de ajuda para dar vazão nas vagas em aberto;
      3. Os recrutadores não possuem expertise para a contratação e optam por apoio de headhunters especializados;
      4. A organização não está tendo sucesso para identificar ou atrair bons candidatos;
      5. A vaga é confidencial.

 

Qual a diferença entre headhunter e job hunter?

Assim como o recrutador, o trabalho do job hunter também está relacionado ao processo de recrutamento. Por isso, ele pode ser confundido com o headhunter. Porém, apesar de atuarem na mesma área, eles têm objetivos bem diferentes.

Enquanto o headhunter ajuda a empresa a encontrar talentos, o job hunter ajuda profissionais a encontrarem oportunidades de empregos.

Aliás, esse trabalho também reflete o significado do termo “job hunter” que, em tradução livre, significa “caçador de empregos”. Ele se mantém atualizado sobre os cargos disponíveis nas empresas e usa sua rede de contatos para ajudar candidatos a encontrarem uma nova colocação no mercado de trabalho.

Na prática, o job hunter também atua como intermediário na conexão entre empresas e candidatos. No entanto, seu enfoque é auxiliar os profissionais a encontrarem vagas compatíveis com suas habilidades, competências e valores.

Lembre-se que, o cliente do headhunter é a empresa buscando contratar talentos. O cliente do job hunter é o profissional buscando recolocação profissional ou transição de carreira.

 

Por que contratar um headhunter?

O apoio de um bom headhunter pode proporcionar vários benefícios para a empresa. Confira abaixo uma lista com as principais vantagens de contratar um headhunter para apoiar a seleção de talentos no seu negócio.

    • Facilita a identificação e admissão de talentos, especialmente para cargos de alto escalão;
    • Permite a contratação de profissionais que não seriam encontrados durante processos de seleção convencionais;
    • Pode ser especializado no recrutamento de talentos para setores específicos, como saúde, construção civil, tecnologia, entre outros;
    • É orientado por resultados, ajudando a empresa identificar e atrair os melhores talentos para o seu quadro de funcionários;
    • Ajuda a empresa a encontrar candidatos para posições difíceis de serem preenchidas porque são muito técnicas ou exigem competências específicas;
    • Torna o setor de Recursos Humanos (RH) mais eficiente e produtivo, já que o caçador de talentos se torna responsável por estruturar e executar várias atividades relacionadas ao recrutamento e contratação de funcionários;
    • Agiliza o processo de seleção e contratação de funcionários;
    • Aumenta de forma significativa as chances da empresa contratar a pessoa certa para o cargo em aberto, reduzindo os custos e a taxa de rotatividade de funcionários;
    • Garante confidencialidade durante o processo de recrutamento caso a empresa não queira anunciar publicamente uma vaga.

 

Quando contratar um headhunter?

Nem sempre contratar um headhunter é a melhor estratégia para a empresa. Dependendo do objetivo do negócio e da posição que deve ser preenchida, o ideal é contar com o apoio de um recrutador.

Isso porque investir na contratação de um caçador de talentos é vantajoso e recomendado para situações específicas.

Confira abaixo em que cenários a empresa deve fazer esse investimento:

    • Quando a empresa procura profissionais para preencher cargos de alto escalão, como Conselho, CEOs, diretores e outros líderes executivos;
    • Quando a organização precisa preencher cargos que exigem habilidades técnicas específicas ou conhecimentos altamente especializados;
    • Em casos em que a contratação precisa ser conduzida de forma confidencial;
    • Durante o processo de expansão para novos mercados, outras localidades ou transformação organizacional;
    • Quando a empresa precisa preencher uma vaga com urgência, o que exige um processo seletivo mais ágil e eficiente;
    • Se a empresa teve dificuldades para preencher posições estratégicas.

 

Como contratar um headhunter?

Assim como em qualquer outra profissão, é possível encontrar diferentes tipos de headhunter. Tanto aqueles que são excelentes no que fazem quanto profissionais que não entregam bons resultados. Por esse motivo, a empresa precisa entender como encontrar e contratar bons caçadores de talentos.

Para isso, o primeiro passo para encontrar headhunter é fazer uma pesquisa de mercado. É possível encontrar headhunters autônomos ou consultorias que oferecem esse tipo de serviço de headhunting. Depois disso, é fundamental avaliar a reputação, as recomendações e o histórico de resultados obtidos por esses profissionais.

Normalmente, é mais fácil encontrar bons profissionais avaliando a reputação e relevância das consultorias, que contam com um time de caçadores de talentos para atender as demandas de diferentes clientes.

Com base nessa pesquisa, fica mais fácil identificar quais headhunters e consultorias são confiáveis e podem ajudar a empresa a atingir seus objetivos.

Em seguida, basta entrar em contato diretamente com esse profissional ou com a consultoria para explicar quais as demandas da empresa e verificar se ele pode ajudá-la.

Em caso positivo, inicia-se o processo de negociação, fechamento de contrato e alinhamento de expectativas para começar a busca ativa por talentos.

 

Quanto custa contratar um headhunter?

Contratar um headhunter pode ser bastante vantajoso para a empresa. O retorno sob o investimento (ROI) pode ser significativo e o pay-back curto, se pagando rapidamente.

O valor para contratação de headhunters pode variar e ser influenciado por diversas variáveis como: tamanho da empresa, região de atuação, área de especialização, e escopo de trabalho. Além disso, os valores também variam de acordo com a complexidade da vaga e termos comerciais acordados.

Por isso, é importante realizar a sua due-dilligence na hora de contar com o apoio de headhunters para sua empresa. Assim, conseguirá avaliar melhor quanto custa contratar um headhunter e as vantagens de contratar esse profissional.

Como referência de mercado, os valores para contratação do serviço de headhunting geralmente estão atrelados a remuneração do profissional contratado.

O valor de um headhunter pode variar entre 15% e 35% da remuneração total anual bruta do profissional, contemplando todos os emolumentos tributáveis e acrescida de impostos.

 

Qual a melhor empresa de headhunter do Brasil?

Existem várias empresas de consultoria que contam com um time de headhunters reconhecidos pela sua qualidade, eficiência e trabalho estratégico.

A Sim Carreira é uma delas. Considerada uma das melhores empresas de headhunter do Brasil, a Sim Carreira é uma consultoria de RH que conta com um time de headhunters altamente qualificados.

Graças a sua metodologia comprovada, ferramentas especializadas, e qualificação de seus colaboradores, oferece serviços personalizados, desburocratizados e eficientes.

Com o apoio do time de headhunters da Sim Carreira, encontrar e atrair talentos para a sua empresa é muito mais fácil e eficaz!

Inclusive, a Sim Carreira trabalha 100% no sucesso e sem exigir exclusividade.

Procurando uma consultoria de headhunters confiável e relevante no mercado? Entre em contato com a equipe da Sim Carreira e conheça melhor as nossas soluções!

headhunter

CEO de Empresa de Recrutamento e Seleção e Headhunter Especializado

Damos valor à sua privacidade

Nós e os nossos parceiros armazenamos ou acedemos a informações dos dispositivos, tais como cookies, e processamos dados pessoais, tais como identificadores exclusivos e informações padrão enviadas pelos dispositivos, para as finalidades descritas abaixo. Poderá clicar para consentir o processamento por nossa parte e pela parte dos nossos parceiros para tais finalidades. Em alternativa, poderá clicar para recusar o consentimento, ou aceder a informações mais pormenorizadas e alterar as suas preferências antes de dar consentimento. As suas preferências serão aplicadas apenas a este website.

Cookies estritamente necessários

Estes cookies são necessários para que o website funcione e não podem ser desligados nos nossos sistemas. Normalmente, eles só são configurados em resposta a ações levadas a cabo por si e que correspondem a uma solicitação de serviços, tais como definir as suas preferências de privacidade, iniciar sessão ou preencher formulários. Pode configurar o seu navegador para bloquear ou alertá-lo(a) sobre esses cookies, mas algumas partes do website não funcionarão. Estes cookies não armazenam qualquer informação pessoal identificável.

Cookies de desempenho

Estes cookies permitem-nos contar visitas e fontes de tráfego, para que possamos medir e melhorar o desempenho do nosso website. Eles ajudam-nos a saber quais são as páginas mais e menos populares e a ver como os visitantes se movimentam pelo website. Todas as informações recolhidas por estes cookies são agregadas e, por conseguinte, anónimas. Se não permitir estes cookies, não saberemos quando visitou o nosso site.

Cookies de funcionalidade

Estes cookies permitem que o site forneça uma funcionalidade e personalização melhoradas. Podem ser estabelecidos por nós ou por fornecedores externos cujos serviços adicionámos às nossas páginas. Se não permitir estes cookies algumas destas funcionalidades, ou mesmo todas, podem não atuar corretamente.

Cookies de publicidade

Estes cookies podem ser estabelecidos através do nosso site pelos nossos parceiros de publicidade. Podem ser usados por essas empresas para construir um perfil sobre os seus interesses e mostrar-lhe anúncios relevantes em outros websites. Eles não armazenam diretamente informações pessoais, mas são baseados na identificação exclusiva do seu navegador e dispositivo de internet. Se não permitir estes cookies, terá menos publicidade direcionada.

Visite as nossas páginas de Políticas de privacidade e Termos e condições.

Política de Cookies
Utilizamos cookies em nosso site para oferecer a você a experiência mais relevante, lembrando suas preferências e visitas repetidas e ajudando a economizar dados. Ao clicar em “Aceitar Cookies”, você concorda com o uso de cookies. Mais informações podem ser encontradas na Política de Privacidade do Site.